Em 2014 com os pés direitos

Em 2014 com os pés direitos

pr_samuelGeralmente, quando se quer entrar bem ou começar bem alguma coisa, costuma-se utilizar a popularíssima expressão da língua portuguesa “entrar com o pé direito”. Mas, para muitos, essa não é apenas uma expressão, é um ritual, uma superstição. No início de cada ano, sempre se ouve, aqui e ali, a mancheia, muitas pessoas carimbarem sua esperança com essa afirmação que lhes parece quase profética.

Corriqueiramente, é possível verificar tal atitude quando atletas entram nas arenas com o pé direito, na esperança de que a sorte jogue a favor do seu time. Em concursos, igualmente, alguns concorrentes entram nas salas com o pé direito, para que tudo dê certo e a matéria não lhes pregue a peça de fugir de suas cabeças antes de terminarem a prova. E algumas pessoas jamais saem de casa, nem mesmo descem da cama, sem pisar antes com o pé direito. Dizem que Santos Dumont era tão supersticioso que mandou construir em sua casa escadas onde só era possível subir iniciando o trajeto com o pé direito.

Os romanos, nos eventos e festas, acreditavam que ao entrar com o pé direito, poderiam evitar agouros na sua festa e, por isso mesmo, pediam para seus convidados cumprirem esse mesmo ritual. No latim, a palavra “esquerda” significa “sinistro”, o que explica a crença dos romanos de que os lados direito e esquerdo simbolizavam, respectivamente, o bem e o mal. Atribui-se que, a partir daí, tal expressão e sua crença se espalharam pelo mundo.

Muito embora o costume de entrar com o pé direito tenha surgido como uma superstição, cujo intuito era obter sorte, tal ritual não passa disso, uma mera superstição. Todavia, sabemos que essa é uma daquelas coisas que, se bem não fizer, mal também não fará. Desse modo, não basta entrar em 2014 com o pé direito, é preciso entrar com os pés direitos.

Eu explico! Entrar com os pés direitos significa fazer a coisa certa, agir de modo correto, zerar os erros e promover os acertos, ajustar o comportamento e buscar fazer o bem. Isso significa, em última instância, buscar a boa, perfeita e agradável vontade de Deus para sua vida.

Se quisermos andar com os pés diretos em 2014, para conquistamos terrenos nunca antes pisados, temos de fazer a nossa parte, com determinação e esforço, mas também contando com a ajuda de Deus e a orientação da Sua Palavra. Por isso, o salmista expressou: “Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para os meus caminhos” (Sl 119.105). E também: “Alargaste sob meus passos o caminho, e os meus pés não vacilaram” (Sl 18.36). O patriarca Jó também entendeu isso, e afirmou: “Os meus pés seguiram as suas pisadas; guardei o seu caminho e não me desviei dele” (Jó 23.11).

Muitos pensam que podem entrar com o pé direito, mas sem temerem a Deus nem contarem com a Sua ajuda, somente para depois se lamentarem por terem ficado à mercê de um destino incerto e traiçoeiro. É esse contraponto que a Bíblia ressalta: “Atendei, agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros. Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois, apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: Se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo” (Tg 4.13-16).

Entrar com o pé direito é o caminho da superstição e da incerteza; andar com os pés direitos é o caminho da dependência de Deus, em obediência e fé, tornando a vida parte de um triunfo maior e permanente.

Quando você entra com o pé direito, diz: “O acaso vai me proteger”. Quem anda com os pés direitos afirma: “O meu socorro vem do Senhor, que fez o céu e a terra” (Sl 121.2). Você diz: “Eu nada posso fazer”. Quem anda com os pés direitos confia em Deus e afirma: “Tudo posso naquele que me fortalece” (Fp 4.13).

Você diz: “Ninguém me ama de verdade”. Quem anda com os pés direitos ouve de Deus: “Eu te amo com amor eterno” (Jr 31.3). Você diz: “Não vejo saída”. Quem anda com os pés direitos escuta Deus dizer: “Eu guiarei os teus passos” (Pv 3.5).

Você diz: “Estou cansado”. Quem anda com os pés direitos ouve Deus dizer: “Eu te darei repouso” (Mt 11.28). Você diz: “Estou angustiado”. Quem anda com os pés direitos ouve Deus falar: “Eu te livrarei no dia da angústia” (Sl 90.15).

Você diz: “Eu não mereço perdão”. Quem anda com os pés direitos escuta Deus falar: “Eu perdoo todos os teus pecados” (1Jo 1.9). Você diz: “Eu me sinto só e desamparado”. Quem anda com os pés direitos vive a promessa de Deus: “Eu nunca te deixarei nem te desampararei” (Hb 13.5).

Você diz: “Não vou conseguir”. Quem anda com os pés direitos fica firme na promessa: “Deus suprirá todas as tuas necessidades” (Fp 4.19). Quem entra com o pé direito confia na sorte. Quem anda com os pés direitos entrega o seu caminho ao Senhor e confia Nele, crendo que Ele fará tudo dar certo (Sl 37.5).

Viva em 2014 com os pés direitos! Esse é o caminho da vitória!

 

Samuel Câmara

Pastor da Assembleia de Deus em Belém
E-mail: samuelcamara@boasnovas.tv

ARTIGOS SEMELHANTES

0 24752

0 23890